Alecrim – Execelente Para Memória e ainda proteja o Cérebro do Alzheimer e Depressão

Por conter propriedades digestivas, diuréticas e antidepressivas, o alecrim serve para auxiliar na digestão dos alimentos e no tratamento de dor de cabeça, depressão e ansiedade.

O seu nome científico é Rosmarinus officinalis e pode ser comprada em supermercados, lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em algumas feiras livres.

1. Melhorar o sistema nervoso

O alecrim melhora o sistema nervoso e trás benefícios como melhorar a memória, a concentração e o raciocínio, e ajudar a prevenir e tratar problemas como depressão e ansiedade.

Essa erva ajuda inclusive a reduzir a perda de memória que ocorre naturalmente em idosos, podendo ser usada também na forma de aromaterapia para este fim.

Embora tenha vários benefícios para o sistema nervoso, o alecrim não deve ser utilizado por quem sofre com epilepsia, já que alguns estudos indicam que pode estimular o desenvolvimento de crises epiléticas.

2. Melhorar a digestão

O alecrim melhora a digestão e tem propriedades que reduzem a produção de gases e que aliviam problemas como azia, diarreia e constipação.

Além disso, por também ter propriedades antibacterianas, o alecrim também ajuda no tratamento da gastrite causada pela bactéria H. pylori.

3. Atuar como antioxidante

O alecrim é rico em ácidos antioxidantes como ácido rosmarínico, ácido cafeico, ácido carnósico, o que ajuda a melhorar o sistema imunológico, prevenir infecções e melhorar a saúde da pele.

Além disso, os antioxidantes também previnem alterações maléficas nas células, como as que desencadeiam problemas como câncer.

Como usar o Alecrim

As partes usadas do alecrim são suas folhas, que podem ser usadas para temperar os alimentos e as flores para fazer chá e banhos.

  • Chá de Alecrim para problemas digestivos e inflamação da garganta:
  • colocar 4 g de folhas numa xícara de água fervente