Dor na Coluna, nas Pernas, Musculares, Nervos, Osteoporose

erva baleeira tem diversas propriedades medicinais, sendo a principal delas a atividade anti-inflamatória. Por isso, é muito usada por pessoas com artrite reumatoide, reumatismos, dores musculares e outros tipos de inflamações que causam dores pelo corpo.

Onde encontrar erva baleeira?

A planta é nativa da Mata Atlântica, faz parte da família Boraginaceae e seu nome científico é Cordia verbenacea. É um arbusto ereto, perene, muito ramificado, aromático, com a extremidade dos ramos pendentes e hastes revestidas por casca fibrosa, com altura de 1,5 a 2,5 metros em média.

As folhas da erva baleeira têm coloração verde escura com margens dentadas e flores brancas pequenas, dispostas em espigas laterais que dão origem a frutos pequenos, arredondados e de cor vermelho-escuro.

Popularmente, ela tem outros nomes como maria milagrosa, maria rezadeira, maria preta, erva preta, catinga preta, catinga de barão, cordia, erva balieira, balieira cambará, salicilina, camarinha e camaramoneira do brejo.

Para que serve a erva baleeira?

A erva baleeira é usada na fitoterapia como medicamento natural e na culinária como tempero.

Para ambos os casos, as partes usadas são as folhas da planta que, quando maceradas, exalam um cheiro forte e singular proveniente de seu óleo essencial.

O aroma lembra aqueles temperos prontos de carne ou galinha vendidos em cubinhos. Por isso, algumas pessoas a utilizam como substituto natural desses temperos industrializados.

Uso popular

A folha da planta é amplamente utilizada na medicina caseira, principalmente nas regiões litorâneas do Sudeste e Leste.

Ela é considerada uma planta anti-inflamatória, antiartrítica, analgésica, tônica e antiulcerogênica. Por isso, as pessoas costumam usar o chá de erva baleeira para cicatrizar feridas externas ou tratar úlceras.

Propriedades terapêuticas

Na fitoterapia, a erva baleeira serve para artrite, artrose, dores musculares e outros problemas de saúde como:

  • nevralgias
  • contusões
  • tendinites
  • reumatismos
  • gota
  • problemas gastrointestinais

A erva baleeira possui uma substância chamada humuleno, encontrada em seu óleo essencial. Essa substância confere à planta atividade anti-inflamatória em alergias respiratórias.

Em um estudo, os pesquisadores avaliaram a atividade anti-inflamatória e as propriedades antialérgicas das substâncias extraídas das folhas da erva baleeira em animais. Eles observaram a redução do edema e de outros efeitos associados à inflamação.